10 de jan de 2012

Doença da síndrome do encarceramento


A síndrome do encarceramento, ou síndrome de locked-in (LIS), é uma doença neurológica rara em que ocorre uma paralisia completa dos músculos de todo o corpo, com excepção das pálpebras e dos músculos que controlam os movimentos dos olhos. É o estado em que o paciente não consegue se comunicar, embora esteja consciente e consiga pensar e raciocinar.

Na síndrome do encarceramento o paciente fica preso dentro do seu próprio corpo sem conseguir falar ou se movimentar. Isso pode acontecer devido a sequelas após uma lesão cerebral traumática, sobredosagem de medicamentos, esclerose lateral amiotrófica, traumatismos cranioencefálicos ou mesmo a meningite.

A síndrome do encarceramento pode ser conhecida tecnicamente como síndrome da pontina ventral ou síndrome de loked-in (LIS), que significa trancado dentro, isso porque as informações que o cérebro emite para o corpo não são captadas pelas fibras musculares e o corpo não responde às ordens.

A comunicação pode se fazer apenas com piscar dos olhos, como no caso de Jean-Dominique Bauby, ex-editor da revista Elle, que após um AVC que o deixou tetraplégico e sem conseguir falar, conseguiu “ditar’ um livro inteiro, letra por letra, piscando.

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
DESIGN FEITO POR BRUNO Blogger