10 de abr de 2012

Falta de água na cidade de Salvador


A Empresa Baiana de Água e Saneamento (Embasa) interrompeu o fornecimento de água nesta sexta-feira (30) em diversos bairros de Salvador. A interrupção foi provocada pra realizar manutenção em uma estação de tratamento de água no sistema de barragem de Pedra do Cavalo, no rio Paraguaçu.

Na região metropolitana da capital, Simões Filho, Lauro de Freitas, Candeias, Madre de Deus, São Francisco do Conde, Santo Amaro, Conceição do Jacuípe, Coração de Maria e Amélia Rodrigues também terão o fornecimento de água interrompido.

Veja se o seu bairro está na lista dos que enfrentarão falta de água:

Cabula, Pernambués, Narandiba, Saboeiro, São Gonçalo, Engomadeira, Arraial do Retiro, Tancredo Neves, Arenoso, Sussuarana, Mata Escura, Calabetão, Barros Reis, San Martin, Santa Mônica, IAPI, Pero Vaz, Curuzu, parte da Liberdade, São Caetano, Capelinha de São Caetano, Fazenda Grande do Retiro, Baixa do Fiscal, Uruguai, Lobato, Calçada, Mares, Roma, Jardim Cruzeiro, Vila Rui Barbosa, Massaranduba, Boa Viagem, Bonfim, Monte Serrat, Caminho de Areia, Ribeira, Bela Vista do Lobato, Alto da Boa Vista, Alto do Cabrito, Campinas de Pirajá, Pirajá, Marechal Rondon, Avenida Suburbana, São Bartolomeu, Castelo Branco, Cajazeiras, Dom Avelar, Águas Claras, Porto Seco, Pau da Lima, Jardim Cajazeiras, Vila Canária, Granjas Rurais, Jardim Esperança, Sete de Abril, Estrada Velha do Aeroporto, Nova Brasília, Canabrava, Vale dos Lagos, São Marcos, Avenida São Rafael, Nova Cidade, Condomínio Alpha Ville II, Boca da Mata, Paripe, Estrada da Base, São Tomé, Conjunto Ilha de São João, Coutos, Tubarão, Periperi, Praia Grande, Plataforma, Ilha Amarela, Rio Sena, Alto da Teresinha, Itacaranha, Escada, Alto do Cruzeiro, Valéria, Lagoa da Paixão, Bico Doce, Palestina, Mussurunga, Bairro da Paz, Avenida Paralela (parte), Avenida Orlando Gomes, Avenida Pinto de Aguiar, Costa Verde, Patamares, Piatã, Itapoã, Abaeté, Pedra do Sal, Praia do Flamengo, Stela Mares, Alameda da Praia, São Cristovão, Aeroporto, Jardim das Margaridas.*
Os moradores de Cajazeiras, Itapuã, Praia do Flamengo, Stella Maris, Lauro de Freitas e Ilha de Itaparica passaram mais um dia do feriadão da Semana Santa sem água nas torneiras. Segundo comunicado da Embasa emitido na noite deste sábado (7/4), o serviço de abastecimento em Salvador ainda apresenta baixa vazão em bairros situados em áreas elevadas por causa da interrupção do fornecimento na última quarta (4/4), para integração de duas adutoras ao sistema que atende a capital baiana e municípios da Região Metropolitana (RMS). A falta de água, ainda segundo a empresa, é provocada também por vazamentos decorrentes de um acidente provocado por obras da Odebrecht na estrada Cia-Aeroporto, de atos de vandalismo no bairro da Liberdade e de falhas em um equipamento da rede que atende a orla de Salvador, no trecho entre Pituaçu e Flamengo. A previsão dos técnicos da Embasa é que “se não houver nenhuma intercorrência no funcionamento do sistema de abastecimento”, os moradores passarão o domingo de Páscoa, finalmente, com água em casa.
*
Após uma sucessão de problemas que, durante o feriadão da Semana Santa, deixou sem água moradores da Liberdade à Itapuã, na capital baiana, a Embasa ainda enfrenta, neste início de semana, dificuldades para regularizar o pleno atendimento à população de ‘áreas elevadas’, em Salvador.

Durante o final de semana, o problema atingiu principalmente os moradores de Pituaçu, Stella Maris, Flamengo, Lauro de Freitas e inúmeras outras localidades. Até a Ilha de Itaparica teve falta de água.

Moradores de Fazenda Coutos, Plataforma, Saboeiro e Sussuarana também enfrentaram os problemas causados pelo desabastecimento de água.

Já nesta segunda (9), as dificuldades persistem nas localidades de Pau da Lima e São Marcos. De acordo com a internauta Fátima Campos da Silva, moradora de São Marcos, a falta água persiste desde a última quinta (5). “Aqui no bairro, nem água mineral encontramos mais para beber”.

Segundo ela, as torneiras estão secas há três dias e quem pode vai tomar banho na casa de amigos e parentes. “São mais de 72 horas sem água”, reclamou.

A Assessoria de Comunicação da Embasa informou ao Bahia Toda Hora que existem áreas elevadas com problemas, mas as equipes trabalham para normalizar o fornecimento de água

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
DESIGN FEITO POR BRUNO Blogger