10 de fev de 2012

Previdência Privada


R$ 33 bilhões. Esse é o volume de captação dos planos de previdência privada no país, de janeiro a agosto de 2011. Para se ter uma idéia, o número é mais de 20% acima do registrado em igual período de 2010 – quando, diga-se de passagem, a sensação de prosperidade e a confiança no crescimento econômico eram muito maiores…

Aí, talvez, esteja uma parte da explicação: o sinais mais alarmantes sobre a duração e os impactos da crise internacional parecem ter levado as famílias brasileiras a se planejarem com um pouco mais de cuidado para um futuro – por natureza – incerto. Boa notícia, certo? Bem…

Há uma segunda conjectura interessante a respeito desse crescimento: as perspectivas financeiras da Previdência Social são muito preocupantes, com grandes déficits se acumulando, apesar de a nossa população ainda ser relativamente jovem.

Nossos políticos buscam, de todas as maneiras, se associar a grandes projetos industriais, energéticos, de desenvolvimento… e correm, como diabo da cruz, de questões como o déficit no regime de previdência dos servidores públicos… ou o fato de o Brasil ter um dos mais generosos sistemas de pensões do planeta, com gastos acima de 3% do PIB (vide excelente artigo do Mansueto Almeida, clicando aqui).

E assim vamos, vigiando diariamente os atrasos na construção de estádios para a Copa, enquanto o nosso Titanic da Seguridade Social desliza suavemente nas águas do Ártico. O que os dados da Previdência Privada anunciam é que já tem gente buscando o bote salva-vidas, descrentes que são na atitude dos nossos comandantes!

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
DESIGN FEITO POR BRUNO Blogger