17 de fev de 2012

Lindemberg Alves 12 anos de prisão


O motoboy Lindemberg Alves, condenado a 98 anos e dez meses de reclusão por ter assassinado a ex-namorada Eloá Pimentel, deverá cumprir 12 anos em regime fechado e outros 12 no semi aberto. Somente depois, passará para o regime aberto. Segundo o advogado Luiz Flavio D′Urso, presidente da OAB-SP, o cálculo de progressão da pena terá como base a pena de máxima permitida no Brasil que é de 30 anos.

Apesar de ter sido condenado por 12 crimes, o que pauta a condenação é o crime hediondo, segundo D’Urso.

"Mesmo que ele tenha sido condenado por outros crimes, o homicídio é que vai pautar o cálculo da progressão", disse D`Urso.

A advogada de Lindemberg Ana Lúcia Assad disse, após a leitura da sentença por parte da juíza Milena Dias, que irá pedir a anulação total do júri. Ana Lúcia deixou o Fórum de Santo André, no ABC paulista, sem falar com a imprensa ou comentar o resultado do julgamento.

Para a promotora de Justiça Daniela Hashimoto, responsável pela acusação, a pena foi “bem equacionada pela juíza”. Ela acredita que não deve haver revogação do júri por parte do Tribunal de Justiça (TJ).

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
DESIGN FEITO POR BRUNO Blogger