10 de fev de 2012

LGBTT

O pastor e deputado federal Marco Feliciano fez um discurso caloroso na tarde desta quinta-feira, 24, na Câmara Federal acusando a militância LGBTT de juntamente com o Governo, mídia e intelectuais, promover uma conspiração contra a família.

Feliciano se referiu as últimas decisões do Supremo Tribunal Federal e do Superior Tribunal de Justiça que aprovaram a união estável e também o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo. “Trata-se de uma CONSPIRAÇÃO! Sim senhoras e senhores! Uma conspiração contra o certo, contra a família, contra a continuidade da existência humana!”, disse ele.

O deputado evangélico também discursou a respeito do seminário “Escola Sem Homofobia” onde foi pedido para que as editores evitem colocar a discriminação de gênero e diversidade sexual nos livros didáticos.

Na interpretação de Marco Feliciano tal medida vai proibir que nos livros escolares tenham uma família representada por pai, mãe e filhos, pois isso seria uma discriminação contra famílias formadas por pais homossexuais.

“Caberá ao MEC só aceitar materiais de editoras que, ou não coloquem a figura pai, mãe e filhos, ou incluir-se-a duas mulheres ou dois homens de mãos dadas e a figura de uma criança”, explica o parlamentar.

Feliciano também pontuou algumas políticas públicas e leis que tendem beneficiar o grupo LGBTT e ao mesmo tempo silenciar quem discorda da prática. Após citar alguns exemplos o pastor fez um apelo aos parlamentares que compõe a Frente Parlamentar Evangélica, Católica e da Família pedindo para que eles se unam contra tais propostas.

“Não a homofobia! Mas também não a concessão de direitos que geram mais DISCRIMINAÇÃO e SEGREGAÇÃO!”, diz ele.

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
DESIGN FEITO POR BRUNO Blogger