30 de jan de 2012

UPP Fazenda Coutos 3

Fotos: Daniel Santana

A quinta base comunitária de segurança do programa Pacto pela Vida foi inaugurada na manhã desta segunda-feira (16), no bairro de Fazenda Coutos, no Subúrbio Ferroviário de Salvador. A solenidade contou com a participação do governador Jaques Wagner, do secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, e do comandante-geral da Polícia Militar (PM), coronel Alfredo Castro. Para Wagner, as outras quatro unidades já implantadas – uma no Calabar e três no complexo do Nordeste de Amaralina – apresentam resultados positivos, principalmente no combate e prevenção dos crimes contra a vida. “No caso do Calabar, até agora, em dez meses após a instalação, o número de homicídios foi reduzido a zero. No caso do Nordeste de Amaralina, a redução foi de 70%. Eu tenho certeza de que aqui, em Fazenda Coutos, o resultado será o mesmo”, afirmou. A nova base contará com efetivo de 120 policiais militares, com atuação nos bairros Fazenda Coutos 1, 2 e 3, um total de três quilômetros quadrados e 32 mil moradores. Fotos: Daniel Santana

De acordo com a SSP, 12 câmeras de monitoramento foram instaladas em pontos estratégicos. Além disso, quatro veículos da polícia, entre carros e motos, darão suporte à base. As últimas três Bases Comunitárias de Salvador foram instaladas na região do Nordeste de Amaralina, abrangendo as localidades de Santa Cruz, Vale das Pedrinhas e Chapada do Rio Vermelho.
Fotos: Daniel Santana
A primeira foi implantada no bairro do Calabar, inaugurada em abril do ano passado. As bases são inspiradas nas Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), que funcionam em comunidades no Rio de Janeiro. Em dezembro de 2011, a SSP anunciou a instalação de uma base em Porto Seguro, que seria a primeira unidade no interior do estado.
Fotos: Daniel Santana
Pra complementar Foram registrados 187 homicídios este ano no bairro de Fazenda Coutos, em Salvador, segundo a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA). A localidade será a próxima a receber uma Base Comunitária de Segurança. O bairro já ganhou reforço nas rondas com a presença mais efetiva da Polícia Militar. A construção do edifício da Base já foi iniciada, mas ainda não há previsão de inauguração. Fotos: Daniel Santana

De acordo com o major Pacheco, coordenador de Polícia Comunitária da PM-BA, o primeiro passo é o contato dos policiais com os moradores. “O trabalho do observador comunitário normalmente tem aquela parte ordinária de apresentações, de levantamento das situações, e também a visita. A visita constitui no deslocamento e apresentação dos policiais a todos os órgãos, residências, instituições públicas e privadas, escolas e igrejas de qualquer credo”, descreve.

A Base de Fazenda Coutos vai abranger uma área de 6 km² entre a Ilha Amarela e Paripe. A média de homicídios na região do Subúrbio Ferroviário é de 16 para um grupo de 100 mil habitantes, quando o aceitável pela Organização das Nações Unidas é de até 10, conforme dados da Polícia Militar. A nova Base Comunitária de Segurança vai funcionar na rua Almeida Júnior, no bairro de Fazenda Coutos 3.
Fotos: Daniel Santana

Os moradores acreditam que a sensação de segurança já poderá ser sentida durante os festejos de fim de ano. “São120 policiais treinados já, tudo prontinho para vir dar sossego a essa comunidade carente e com isso aí a população só tem a ganhar, vai ficar muito feliz”, avalia o líder comunitário Josenido Rosário.
No início deste mês, a SSP anunciou a instalação de uma base em Porto Seguro, que seria a primeira unidade no interior do estado.
Em Salvador, já funcionam Bases Comunitárias de Segurança nos bairros do Calabar, Nordeste de Amaralina, Santa Cruz e Chapada do Rio Vermelho.

Fotos: Daniel Santana

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
DESIGN FEITO POR BRUNO Blogger